Domingo, 22 Setembro, 2019
       Flickr
       YouTube
       Twitter
       Facebook
       Orkut

Pesquisa no Site

Galeria dos Imortais

Léon Denis

Léon DenisDentre os grandes apóstolos do Espiritismo, a figura de Léon Denis merece referência especial, principalmente por ter sido ele o continuador da obra de Allan Kardec. Deve-se a ele a oportunidade feliz que os espíritas tiveram de ver ampliados novos aspectos filosóficos da Doutrina Espírita, pois as suas obras de um modo geral focalizam numerosos problemas que inquietam os homens, e também a questão da sobrevivência da alma em seu laborioso processo evolutivo.

+ Leia mais

   

Irmã Scheilla

Irmã ScheillaTem-se notícias apenas de duas encarnações de Scheilla: uma na França, no século XVI, e outra na Alemanha. Na existência francesa, chamou-se Joana Francisca Frémiot, nascida em Dijon a 28/01/1572 e desencarnada em Moulins a 13/12/1641. Ficou conhecida como Santa Joana de Chantal (canonizada em 1767) ou Baronesa de Chantal. Casara-se, aos 20 anos, com o Barão de Chantal. Tendo muito cedo perdido seu marido, passou a dedicar-se à obras piedosas e orações, juntamente com os deveres de mãe para com seus 4 filhos.

+ Leia mais

   

Camille Flammarion

Camille FlammarionFlammarion foi um homem cujas obras encheram de luzes o século XIX. Nasceu em Montigny-Le-Roy, França, no dia 26 de fevereiro de 1842 e  era o mais velho de uma família de quatro filhos. Entretanto, desde muito jovem se revelaram nele qualidades excepcionais. Queixava-se constantemente que o tempo não lhe deixava fazer um décimo daquilo que planejava. Aos quatro anos de idade já sabia ler, aos quatro e meio sabia escrever e aos cinco já dominava rudimentos de gramática e aritmética. Tornou-se o primeiro aluno da escola onde freqüentava.

+ Leia mais

   

Lázaro Zamenhof

Lázaro ZamenhofLázaro Luíz Zamenhof nasceu em 15 de dezembro de 1859, na cidade de Bialystok, na Polônia. A cidade não era grande. Nela viviam pessoas de várias origens, que falavam línguas diferentes e isso constantemente causava desentendimentos e conflitos sociais. O menino Lázaro nasceu e cresceu nesse ambiente e, ainda criança, percebeu a necessidade de uma língua comum para o relacionamento entre pessoas de diferentes línguas. Passou a estudar com profundidade o hebraico, o latim e o grego, além de algumas línguas modernas como o francês e o inglês, constatando mais tarde que nenhuma delas serviria para esse objetivo.

+ Leia mais

   

Inserir textos.

   

Página 2 de 2

Mapa do Site                  Fale Conosco

CONTATO

Centro Espírita André Luiz
QE 16, Área Especial "A" - Guará I
Brasília - DF
CEP: 71015-264
Tel.: (61) 3568-8629
Fax: (61) 3381-2995
[email protected]

REDES SOCIAIS

Facebook Twitter Flickr Flickr

Login