Domingo, 22 Setembro, 2019
       Flickr
       YouTube
       Twitter
       Facebook
       Orkut

Pesquisa no Site

Lázaro Zamenhof

Lázaro ZamenhofLázaro Luíz Zamenhof nasceu em 15 de dezembro de 1859, na cidade de Bialystok, na Polônia. A cidade não era grande. Nela viviam pessoas de várias origens, que falavam línguas diferentes e isso constantemente causava desentendimentos e conflitos sociais. O menino Lázaro nasceu e cresceu nesse ambiente e, ainda criança, percebeu a necessidade de uma língua comum para o relacionamento entre pessoas de diferentes línguas. Passou a estudar com profundidade o hebraico, o latim e o grego, além de algumas línguas modernas como o francês e o inglês, constatando mais tarde que nenhuma delas serviria para esse objetivo.


Com a persistência dos gênios que colocam seus ideais acima de tudo, passou a elaborar uma nova língua, tomando como base o latim e utilizando elementos mórficos de maior internacionalidade. Ao terminar o curso ginasial, já havia esboçado toda a estrutura da nova língua: interrompeu o projeto para iniciar seus estudos universitários. Formando-se em medicina, retomou os trabalhos, dedicando todo o tempo disponível para a elaboração, experimentação e aperfeiçoamento da língua. Aos 28 anos de idade, finalmente, sua obra estava pronta. Mas restava-lhe um último detalhe: como publicá-la, sendo sua situação financeira bastante precária? De onde viriam os recursos?

Um auxílio surgiu de onde ele menos esperava. Seu futuro sogro, homem simpático à cultura, financiou totalmente a publicação da obra, que veio a público em 26 de julho de 1887. Era uma obra com as instruções em russo e chamava-se “LINGVO INTERNACIA” (língua internacional), de autoria de “DOKTORO ESPERANTO”, que na nova língua significa: “DOUTOR QUE TEM ESPERANÇA”.

Com o decorrer do tempo, o nome “ESPERANTO” passou a ser usado por seus aprendizes, para denominar a própria língua. Pouco tempo depois eram lançadas as edições em polonês, francês e alemão. Sem deixar a profissão, Zamenhof trabalhou ardorosamente na divulgação da Língua Internacional. Tamanha importância ele deu à propagação de seu ideal que, só depois de concluída e editada sua obra, veio a casar-se com Clara Silbernik.

Em 1905, aconteceu na França, o primeiro Congresso Mundial de Esperanto, onde se reuniram centenas de pessoas de vários países, comunicando-se em uma única língua: O Esperanto. Em março de 1917, sempre desejando a Paz, faleceu Zamenhof. O seu corpo repousa no cemitério israelita de Varsóvia, juntamente com o de Clara, o amor de toda sua vida e sua incansável colaboradora, onde sempre são encontradas flores ofertadas por esperantistas de todo o mundo.

Zamenhof foi um homem iluminado, de bom senso, moral elevada e dotado de extraordinária força de vontade na divulgação de seu ideal humanístico. Foi um verdadeiro universalista, pacifista e pensador que lutou contra toda espécie de sectarismo. Em muitos países civilizados, há monumentos, ruas, praças e bibliotecas com seu nome. Todos os anos, no dia 15 de dezembro, realizam-se eventos esperantistas no mundo inteiro, para comemorar o aniversário do iniciador da Língua Esperanto.

Fonte: www.esperanto.org.br

 

Mapa do Site                  Fale Conosco

CONTATO

Centro Espírita André Luiz
QE 16, Área Especial "A" - Guará I
Brasília - DF
CEP: 71015-264
Tel.: (61) 3568-8629
Fax: (61) 3381-2995
[email protected]

REDES SOCIAIS

Facebook Twitter Flickr Flickr

Login